Posts Tagged ‘dança’

Seleção de bailarinos e músicos para o Grupo Aruanda

09/04/2010

Lembrança: Pina Bausch

01/07/2009

Philippine Bausch, mais conhecida como Pina Bausch (Solingen, 27 de julho de 1940 — Wuppertal, 30 de Junho de 2009), foi uma coreógrafa, dançarina, pedagoga de dança e diretora de balé alemã.

escultura viva:

03/06/2009

OFICINA INTERFERENCIAS URBANAS

Festival Internacional de Video & Dança

15/07/2008

Rio de Janeiro

de 7 de agosto a 2 de setembro de 2008

Oi Futuro – 4º andar

7 ago a 24 ago (exceto 2ª feira) – 11 às 20h – MIV – Mostra Internacional de Videodança e
19h – programas comentados ao longo da programação

21 ago – 19h – Palestra com Luis Cerveró (Espanha) -” Videodança e videoclipe”

23 ago – 19h – Mesa Redonda com Édouard Lock (Canadá), Octavio Iturbe (México/Espanha) e mediação de Eduardo Bonito (diretor do DEF) – “Entre o Palco e a Tela”

Espaço SESC – 2º andar

18 ago a 22 ago – 10h às 13h – Oficina 1 – Octavio Iturbe (Espanha) – “A edição do movimento”

25 ago a 29 ago – 10h às 13h – Oficina 2 – Édouard Lock (Canadá) – “Criação em videodança”

28 ago – às 19h – Master Class com Édouard Lock (Canadá)

30 ago – 19h – Programa Especial – Trajetórias 3 – Nirvana Marinho e Rita Tatiana Cavassana (São Paulo) com programação do Acervo Mariposa

29 ago e 30 ago – 10h às 13h – Minicurso com Tomas Aragay e Sonia Ascencio – Sociedad Doctor Alonso (Catalunha)

2 set – 19h – Palestra com Tomas Aragay e Sonia Ascencio – Sociedad Doctor Alonso (Catalunha) – “On Bodies or it was…”

OI FUTURO
Rua Dois de Dezembro,63
Flamengo, Rio de Janeiro
Tel.: (21) 3131-3060

Espaço Sesc
Rua Domingos Ferreira, 160
Copacabana, Rio de Janeiro
Tel.: (21) 2548-1088

Psicoterapia através da Dança

01/07/2008

A Psicoterapia do Movimento através da Dança é uma forma de psicoterapia que utiliza o movimento e a dança como meios de comunicação. O tratamento é voltado para pessoas com certos tipos de doença física ou mental e, ainda, aqueles que têm distúrbios físicos ou cognitivos.

O curso, com duração de dois anos, combina estudos teóricos e estágio com o trabalho voltado para a dança e a expressão corporal, o que amplia a área de atuação do psicoterapeuta.

Saiba tudo no site da Queen Margaret University.

Merce Cunningham licencia coreografia e software em Creative Commons

29/02/2008
Merce Cunningham , coreógrafo e dançarino americano, atua na área desde 1939. Suas obras já foram apresentadas por inúmeras companhias de balé e Cunningham é considerado por muitos o maior coreógrafo vivo. Apesar de beirar os noventa anos e não dançar mais, Merce continua coreografando com o auxílio do software Danceforms, desenvolvido em 1991. Seu envolvimento com novas mídias não é recente.

A mais recente inovação, contudo, está sendo lançada publicamente no dia 26 de fevereiro no próprio estúdio da companhia Merce Cunningham em Nova Iorque. A Merce Cunningham Dance Company e The OpenEnded Group demonstrarão seu mais recente feito e logo em seguida o disponibilizarão na internet. A obra consiste na coreografia de Loops, assim como um retrato digital de Cunningham em formato de software livre.

Loops originalmente foi criada por Cunningham em 1971 como uma dança solo, sendo realizada até 2001. Embora no início Merce dançasse com todo o corpo, os movimentos mais elaborados passaram a se manifestar especificamente nos dedos, mãos e braços. A obra ficou conhecida como um ato exclusivo de Cunningham nos últimos anos de sua carreira – contudo, Merce optou por criar uma versão virtual da dança em que um dançarino artificial poderia realizá-la.

Surge então a iniciativa colaborativa e livre de Loops, na qual a coreografia será disponibilizada sob uma licença Creative Commons . Assim, permitindo que qualquer pessoa execute, adapte ou realize a obra desde que não seja com fins comerciais. O mesmo se aplicando ao software livre lançado em conjunto que será um retrato digital de Cunningham. O resultado, de autoria dos artistas digitais do OpenEnded Group, é uma gravação 3D em alta resolução do próprio Merce realizando Loops com suas mãos. O objetivo do projeto é proporcionar a estudantes, acadêmicos e artistas a habilidade de examinar todas as duas obras com um alto nível de precisão. Seja para estudar a performance coreográfica de múltiplos ângulos e câmeras diferentes, acelerando ou diminuindo a velocidade da apresentação. No caso do software, qualquer pessoa terá acesso à versão atual como também poderá examinar ou reescrever o código. Isso permite que o software seja constantemente atualizado e gere outras obras derivadas, pois toda a estrutura da obra original poderá ser baixada aqui, no site do projeto .