Posts Tagged ‘Cibercultura’

Seminário Internacional do Fórum da Cultura Digital Brasileira

17/11/2009

Debate: Cibercrimes e Ciberdireitos

12/11/2009
Data: Qui, 12/11/2009 – 19:00
Local: SESC Consolação (Sala Ômega), São Paulo, SP
Endereço: Rua Dr. Vila Nova, 245 – Vila Buarque – São Paulo – SP

 

Cibercrimes e Ciberdireitos

Hernani Dimantas (Laboratório de Inclusão Digital e Educação Comunitária da Escola do Futuro – USP), Jorge Machado (sociólogo/USP e ativista do Partido Pirata), Rófis Elias Filho (advogado, direito eletrônico e propriedade intelectual), Thiago Novaes (Cientista Político, Casa Brasil) e Otávio Luiz Artur (advogado, direito eletrônico).

Debate sobre os parâmetros e perspectivas do “uso livre” da Rede Mundial de Computadores. Especialistas apresentarão seus pontos de vista sobre as tentativas de regulação do uso da Internet que versam sobre os chamados “crimes virtuais”, as redes de relacionamento e a propriedade intelectual em tempos de compartilhamento de arquivos. Sala Omega, 8ºandar. As senhas serão distribuídas a partir de uma hora antes no local. 80 vagas. A partir de 16 anos.

Local: SESC Consolação, sala Ômega (8. andar), São Paulo, SP

Direto do Partido Pirata.

Seminário “Cidadania e Redes Digitais” – transmissão streaming

22/10/2009

O Grupo de Pesquisa Comunicação, Tecnologia e Cultura de Redes do curso de Mestrado da Faculdade Cásper Líbero e o Fórum da Cultura Digital Brasileira promovem nos próximos dias 4 e 5 de novembro o Seminário “Cidadania e Redes Digitais”, trazendo pela primeira vez ao Brasil grandes nomes da pesquisa sobre redes digitais e sobre as mudanças no ambiente político-social emergidos na cibercultura, como o filósofo Langdon Winner e os pesquisadores Tim Wu e Alexander Galloway.

Uma série de debates com especialistas brasileiros e estrangeiros estão programados para o evento, abrangendo os grandes temas do pensamento contemporâneo. Segundo o professor da Cásper e ativista da cultura digital Sérgio Amadeu, o seminário é um evento acadêmico cujo propósito é debater de que forma a cultura que emerge das redes digitais pode contribuir para a construção da cidadania no ciberespaço, dando ênfase à dimensão política da cultura digital.

As mesas de discussão incluem desde a importância da neutralidade da rede, as possibilidades que a web semântica pode gerar na fiscalização dos governos, os commons na esfera pública interconectada e a emergência da sociedade de controle, entre outros, discutidos por pesquisadores e ativistas da sociedade civil como Laymert Garcia dos Santos, Ronaldo Lemos, Eugênio Bucci, João Brant e Demi Getschko.

Saiba tudo aqui.

Slide do Pierre Levy no #10mais10

07/10/2009

Cibercultura 10+10 ao vivo na web

01/10/2009

Gilberto Gil, Pierre Levy, André Lemos, Laymert García, Alfredo Manevy, Cláudio Prado e Sérgio Amadeu estarão juntos discutindo a cibercultura. O primeiro dia, quinta-feira agora (dia 1º), será um debate sobre os últimos dez anos e sobre os próximos dez. Daí o nome do evento: Cibercultura 10+10.

Programação

01 de outubro de 2009
Seminário – com duas mesas de debates
Horário: 10h às 18h, com intervalo para almoço
ENTRADA: A entrada será gratuita, por ordem de chegada, com abertura da bilheteria uma hora antes do início do evento.
Participantes das duas mesas: Pierre Levy, Gilberto Gil, Sérgio Amadeu, Laymert Garcia dos Santos, André Lemos, Alfredo Manevy e Claudio Prado

02 de outubro de 2009
Oficina de Remix com Gilberto Gil e Bem Gil e convidados
Horário: 10h às 18h, com intervalo para almoço
ENTRADA: A entrada será gratuita, por ordem de chegada, com abertura da bilheteria uma hora antes do início do evento.

Os dois dias de evento serão realizados no teatro Guarany, na praça dos Andradas, sem número, no centro de Santos.

Programação ao vivo – ABCIBER 2008

11/11/2008

Nove mesas de conferência do II Simpósio Nacional da ABCIBER – Associação Brasileira de Pesquisadores em Cibercultura estão sendo transmitidas em tempo real diretamente da PUC-SP, através do endereço http://www.cencib.org/simposioabciber/aovivo.html nos dias 10, 11 e 12  de novembro, das 9h às 12h e das 19h às 21h.

Programação dos próximos dias:

Hoje, dia 11/11, às 19h

Diana Domingues (UCS) – Urbano cíbrido: átimos calmos em comunicação ubíqua e móvel por conexões transparentes
Luisa Paraguai Donati (UNISO) – Interfaces multisensoriais: espacialidades híbridas do corpo-espaço
André Lemos (UFBA) – Comunicação móvel e os novos sentidos dos lugares: crítica da espacialização na cibercultura

Amanhã, dia 12/11, às 9h

Erick Felinto de Oliveira (UERJ) – Think different: estilos de vida digitais e a cibercultura como expressão cultural
Francisco Rüdiger (PUC-RS) – Love online: fragmentos da comédia humana no mundo
da cibercultura
Suely Fragoso (Unisinos) – Cunctus ergo sum: crítica à compreensão cartesiana de sujeito nos estudos de cibercultura

Amanhã, dia 12/11, às 11h

Sandra Portella Montardo (FEEVALE) – Fotos que fazem falar: desafios metodológicos para análise de redes temáticas em fotologs
Alex Primo (UFRGS) – O post como enunciado: gênero, tema e tom na blogosfera
Yara Rondon Guasque Araujo (UDESC) – Plataforma multiusuário “nome a ser escolhido pela população local” – Participação virtual e observação direta: sedimentando um ciberestuário?

Amanhã, dia 12/11, às 19h

Sueli Mara Ferreira (USP) – Produção científica brasileira em ciências da comunicação: acessibilidade, visibilidade e impacto
Marco Silva (UERJ e UNESA) – Cibercultura e educação: a comunicação na sala de aula presencial e online
Marcos Palacios (UFBA) – Medindo qualidade em jornais online: novos parâmetros e novos desafios

Amanhã, dia 12/11, às 21h

Gisela Castro (ESPM) – O som na cibercultura: música, consumo e pirataria na Latino-América
Gilbertto Prado (USP) – Pesquisas recentes do grupo poéticas digitais

Para mais informações: http://www.cencib.org/simposioabciber .

Notícia do fabiofon.

Universidade terá diploma em ciberpsicologia

10/05/2008

A Nottingham Trent University, da Inglaterra, oferecerá uma nova graduação voltada para a psicologia da vida online, o primeiro curso de “ciberpsicologia”.

A nova graduação estudará o comportamento humano em mundos virtuais e olhará para formas de relacionamento, sexualidade e jogatina online, conforme noticiou o site The Inquirer.

De acordo com o EducationGuardian, o curso será ministrado pela primeira vez a partir do novo ano acadêmico, e também abordará cibercrime, educação e aspectos de saúde, redes sociais e inteligência artificial.

Entre as respostas que serão procuradas é como sites como MySpace e Facebook modificaram as maneiras com que as pessoas interagem.

Para a Dr. Monica Whitty, que liderará o curso que custará aproximadamente US$ 9 mil, o ciberespaço não se limita a internet, mas também tecnologias como celulares e realidade virtual, entre outras. “O fato de fazerem parte de nossa vida cotidiana significa que devemos entender os assuntos psicológicos”, explicou.

Notícia daqui.